Assume

Vem, vira meu abrigo. A vontade que sigo sentindo de te acompanhar. Vem porque é comigo a história e é narrada por dois. Vem porque não tem certo ou errado e a gente repete o caminho quantas vezes quiser.

Vem porque nos pertencemos, porque entendemos os sentimentos que escondemos no começo. Vem porque é apreço, é saudade, é vontade que não se larga. Vem, não se intimida, muda de rumo e me encontra na calçada. Me diz que não é nada, que veio pra ficar.

Demora, se quiser, mas vem porque vem. Porque combinamos, ainda cedo, de sermos só um do outro. Vem porque é pouco o tempo que passamos juntos, porque vale cada segundo. Vem porque você sabe, mais do que eu, o que é se apaixonar.


0 Comentários:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!