Quando acaba

Porque passa, a paixão
E o que fica é o risco
O medo, a solidão
Sorrisos apagados

Porque depois do fim
Nada parece fazer sentido
Mas, bem ao pé do ouvido
Fica a voz que se deseja

Voz que clareia, que fraqueja
Sensação que se quer repetir
O amor que fica, o desejo
Mesmo depois de partir

Porque passa, o sentimento
E sentimos falta pelo tempo
Dos toques, dos medos
Dos carinhos doados

Porque passa, o tempo
Mas guarda por dentro
O pouco que foi real
Do que foi inventado.


0 Comentários:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!