Penso

Penso que sim, que daria certo. Se você voltasse, se tudo voltasse. E se fizesse diferença, porque voltar nunca foi o ideal. Penso que duraria, já que estaríamos juntos e seríamos dois adultos, saberíamos lidar com o que não soubemos antes. E penso que sim, que o encanto seria o mesmo, muito embora saibamos que nem tudo o que volta faz sentido. 

Porque é você comigo, não você com elas. Sou eu e você, somos nós dois sem referências externas, sem casinhos. Sem repetidas desculpas sobre o que faltou aquele dia. Porque é assim que deve ser, não como era e como fingíamos que funcionava. Por dias, por anos. Por instantes que duravam tanto que podíamos contar nos dedos as horas livres de qualquer discussão. 

Penso que sim, que poderíamos. Juntos, mesma página e mesma vibe, apesar de saber que, até hoje, outra pessoa ocuparia melhor o seu lugar. E sabíamos, e vivíamos. Dois adolescentes adentrando terras perigosas e achando fácil guardar parte daquilo num potinho, como se nada fosse estragar com o tempo. Olha, te entendo, eu também achava que teria o mundo. Mas, só, sem você. Sem perguntas, sem dúvidas, sem amores de final de semana. 

Penso que sim, termino, que daria certo. Pena que começou na hora errada. 



0 Comentários:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!