Não quero comentários

Nem buscas, nem respostas. O que eu quero são memórias, porque é delas que vou me lembrar quando tudo recomeçar.

Não, eu não quero abraços. Nem afagos, nem carinhos. Eu só quero o meu cantinho e o meu jeito de ver a vida, porque é dela que tem vindo o pouco que me alegra.

As frases, os textos, as telas. Tudo que faz parte de mim de alguma forma e hoje aflora com uma sensação quase terrível de saudade.

Não quero comentários. Nem pessoas, nem mesários. Ninguém que possa me julgar pelo que sinto, escrevo ou duvido, porque é isso que mais encontro.

Não quero porque sou de mim. Porque sou assim, porque agora é esse o caminho. Eu sou de mim e ando sorrindo, embora siga acompanhada de pessoas complicadas.

Tão ou mais que eu, é fato. Mas não quero comentários. Hoje eu só quero paz.



0 Comentários:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!