Ambos sós

Quando somos um
Ninguém, nenhum
Quando temos algum
Sonho dividido

Quando nos olhamos
Reparamos, revivemos
Quando nos separamos
No tempo
E nada fica

Ambos sós
Algo preso, os nós
Ambos perdidos no caminho
Sem ideia de andar

De seguir, de correr
De dar as mãos e esquecer
As pessoas, o mundo
O ambiente de trabalho
O ambiente

Ambos sós
Ambos amadores.


0 Comentários:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!