Segunda chance

De viver, de amar, de corrigir. Segundas chances são sempre positivas, mas quando sabemos aproveitá-las.

Nem sempre o erro é intencional, mas quando deixamos que se repita, há que se verifique. Na vida, o que mais fazemos é acreditar. Acreditar no que queremos, no que odiamos, no que os outros pensam de nós e no que esperamos para o futuro. Acredite, é natural. Mas, se há um detalhe que atrapalha qualquer ponto de evolução, é acreditar nas coisas ruins. Acreditar e persistir no erro.

Quantas vezes insistimos em algo que não é para dar certo? Quantas vezes insistimos em um amor que não é nosso?

Há que se pensar que segundas chances são feitas para crescermos. Para que aprendamos com os erros e identifiquemos o que deve mudar. É, é verdade, nem todo mundo pensa assim. Mas quando a mudança é para melhor, todo mundo agradece. Segundas chances são o meio que a vida tem de nos surpreender, mas é necessário que a gente saiba agradecer a partir das nossas ações. Afinal, nada, absolutamente nada, cai do céu.

Segundas chances são repeteco. Que façamos valer a pena.



0 Comentários:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!