Me ama

Não como todo mundo faz, não como cena de novela. Me ama de verdade, no dia a dia, no abraço na cozinha. Me ama como você faria com a pessoa que escolheu pra viver. Pra dormir, pra acordar, pra massagear seus ombros quando for preciso.

Me ama quando estiver de porre, quando estiver sóbrio. Quando achar que nada mais vai dar certo ou quando perder o emprego. Me ama de verdade, chega em mim sem medo. Não faz como todo mundo, querendo exibição e carinho em público. Não, é sério, não é isso que eu quero. E não adianta tentar, porque eu sou boa, sim, mas só entre mim e você.

Me ama, me beija, se declara. Não fica tímido porque te ensinam que é você que deve chegar. Me ama de verdade, não precisa se assustar. Quando precisar de alguém pra te acalmar, quando achar que não tem mais saída. Quando voltar, de surpresa, ou quando me fizer cafuné.

Me ama, se mostra.
Por enquanto, estou aqui.



0 Comentários:

Postar um comentário

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!