Eu sinto

Que precisamos falar sobre aborto. Sobre aborto e assédio. Sobre aborto, assédio e mais uma porção de coisas que são tabu porque ninguém quer discutir de verdade.

Que precisamos sentar e dizer em voz alta o que está errado. Dizer por que está errado e encontrar respostas que não soem machistas ou resultado do interesse de terceiros.

Que precisamos avaliar a mídia de acordo com o que ela apresenta, não de acordo com o que interessa.

Que precisamos acreditar mais nas pessoas e precisamos nos esforçar pra que elas possam acreditar em nós.

Que precisamos crescer. De verdade, no aspecto que for. Que precisamos parar de falsidade e de achar que ser diferente é ruim. De achar que "não" é "sim" e de gostar de machismo. Que precisamos abolir o preconceito.

Eu sinto, mais do que nunca, que precisamos baixar alguns narizes. Diminuir alguns pedestais e alterar algumas linhas de pensamento. Precisamos aprender com a vida e não repetir os erros, precisamos de sentimentos e não de bolsos.

Eu sinto, aqui, na minha, que precisamos fazer o que nos cabe.

Afinal, só há igual quando há soma.






22 comentários:

  1. Também sinto a mesma coisa! Precisamos falar, e antes disso, pensar, pensar nos que nos cercam e nos colocarmos no lugar dele antes de falar.

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem?
    Concordo com você precisamos falar sobre o aborto, mas acredito que precisamos ver ambos os lados. As discussõoes veem apenas o lado da mãe ou o lado do bebê, acredito que tudo deve ser analisado e discutido como um conjunto. Ainda sou e acredito que sempre serei contra o aborto, mas quero sim discutir o assunto. Acredito que o dialogo ainda é a melhor solução para tudo. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Faby! Penso exatamente como você. As pessoas precisam entender que as opiniões podem e devem ser diferentes. Mas, independente da escolha, o respeito tem faltado e o diálogo também. Temos que mudar isso. Beijos!

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?
    Sim, precisamos falar! Há muito a ser desconstruído ainda (eu estou em fase de desconstrução ainda).
    BJs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não está, né? Beijos, Angélica, obrigada pela visita!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigada, Alexia! Espero te ver mais vezes por aqui.

      Excluir
  5. Eu também sinto que precisamos acreditar mais nas pessoas, e mais que isso, precisamos ouvi-las de verdade. Não escutar somente para responder ou para esperar a sua vez de falar, ouvir com o coração e entender o outro! Uau seu texto me fez ficar reflexiva...

    Beijos,
    Mariana Baptista

    ResponderExcluir
  6. A pura verdade!! Espero que consigamos ter mais vozes sempre que tentarmos falar sobre esses assuntos! Amei seu texto!

    Aaah, vou ler seu conto hoje!!! Amanhã já terá resenha no meu blog :D

    Beijos!
    https://leelerblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a resenha ficou uma lindeza, amei! Obrigada pela visita e pelo carinho. Beijos!

      Excluir
  7. Oie Carol!!
    Como sempre você arrasando. Adorei o texto.
    Precisamos sempre falar de assuntos como esses... principalmente por serem tão polêmicos. Infelizmente, antes de falarmos, temos que aprender a ouvir e respeitar as opiniões divergentes pois, muitas vezes qdo esses assuntos são falados, o que vemos são mais trocas de insultos e demonstração de falta de educação e de respeito.
    Mas temos que falar. Quem sabe, um dia, a gente aprenda, não é?
    Parabéns pelo texto
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Thathá! Beijos, obrigada! *.*

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?
    Nossa amei esse texto, nós precisamos muito falar desses assuntos polêmicos. Concordo totalmente com a sua visão.

    Bjs

    www.blogparadaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oie
    um belo texto,a ainda mais com o fim do ano, quem sabe não levamos isso para os próximos anos e para começar uma vida nova, precisamos realmente acreditar mais nos outros, principalmente diminuir pedestais, amei mesmo a reflexão

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Precisamos de tantas coisas e podemos fazer tantas delas. No final das contas só precisamos querer.
    Ótimo texto.
    Boa festas, bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rodrigo! Beijos e obrigada! :)

      Excluir
  11. Concordo. Precisamos falar sobre muitas coisas, abertamente, um ouvindo o outro, sugerindo para que tudo se resolva, para que todos possam tentar compreender mais do que apenas julgar, ajudar em vez de simplesmente apontar o dedo.
    bjs
    :)

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!