Momento

Lembro como se fosse ontem. 

Lembro da tua voz, do seu perfume e do teu sorriso quando nossos olhares se encontravam. Lembro de quando éramos jovens e pensávamos no que faríamos da vida. Da vida, do nada, dos dias vazios, das tardes de estudo e das noites de namoro. Ah, aquelas noites... 

Quem diria que um rapaz mimado e sem ideais, um simples adolescente, se tornaria um alguém da qual eu não conseguiria me afastar? Quem diria que eu me apaixonaria por você? 

Dias passariam, noites em branco também e meu coração sentiria sua falta como o de uma criança longe da mãe. Sabe, eu nunca soube lidar com saudade. Talvez seja por isso que escrevo tanto. Talvez tenha sido por isso que te mandei cartas e cartas enquanto você não estava por perto. Mesmo sem saber da resposta, mesmo sem saber se você sentia o mesmo, mesmo sem imaginar que um dia o destino sorriria e traria sua voz para perto da minha. E seríamos felizes. Teríamos uma família, uma varanda e muitas histórias sem final certo para contar, tal qual os casais que eu lia nos livros que você me dava.

Quem diria! Parece que foi ontem que a vida aconteceu.





Gostou? Para receber os próximos posts, clique aqui.

4 comentários:

  1. Oiii!!!
    Parabéns pelo texto. Está carregado de sentimentos.
    Reflete o que a maioria das pessoas passam quando ficam mto tempo sem se ver.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Você sempre escreve coisas que tocam meu coração no momento em que eu tô precisando. Adorei.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que me deixam boba com comentários assim, hahaha! Obrigada!

      Excluir

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!