Eu sei

Sabe, eu gosto de mim mesma. E você também devia gostar. Não pelo jeito de ser, eu não posso te obrigar, mas pelo que eu sou quando você não está. Eu gosto de cores, de amores, gosto de respirar. Gosto de saber que desloco meu corpo junto com o seu, mas que não estou disponível o tempo inteiro. Gosto de sentir sua barba no meu rosto, mas não gosto quando não faz gosto da minha presença. Sabe, eu sei que os sentimentos enganam como as aparências. Eu sei que você pensa duas vezes antes de me ligar. Eu sei que você dorme de conchinha quando está sozinho. E machuca. Não a mim, mas machuca. Comigo é como um passatempo, eu tento não pensar quando me machuca também. E eu me pergunto: quem vai salvar você na minha falta? Quem vai cuidar do seu café e deixar que suas mãos deslizem pelas minhas pernas? Sabe, eu não sei o que estou escrevendo, nem faço ideia. Mas sei que existe a falta de você e existe a falta que você faz. Sei que existe todo um sentimento aqui dentro e que você também sente, não importa o quanto. Sei que as folhas estão começando a cair lá fora e que você precisa de mim. Mesmo que não admita.





Gostou? Clique em "Participar deste site" e acompanhe o blog!

10 comentários:

  1. Oiii, carol!

    Acho que esse é o segundo texto seu que leio e puxa, adorei! Você escreve bem! É tão cheio de sensibilidade *---* Fiquei imaginando como em um filme na mente hahah. Flores no Outono

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, oba! Fico feliz que esteja gostando. Opa, se imaginou um filme é porque a coisa é boa, hahaha! Beijos e obrigada pela visita.

      Excluir
  2. Oiii, tudo bem?
    Eu adorei o texto, achei realmente incrível, gosto de textos curtos e que deixam um mistério assim <3 ter amor próprio é o que as mulheres realmente estão precisando para então poder entrar em uma relação *-*
    Beijos
    segredosliterarios-oficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo ótimo! E você? Que bom que você gostou, Morgana! Obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Nossa, que texto maravilhoso, simplesmente adorei, pequenas crônicas cativam minha leitura! Parabéns, bj,
    http://entrelinhaseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Não conhecia o seu blog mas AMEI!
    O texto ficou ótimo e me tocou como se fosse alguém conversando comigo. Parabéns pelo talento!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. oi!!
    Você escreve tão bem <3 Adorei o texto, foi quase como olhar poder olhar para alguém parado em algum canto e poder ouvir seus pensamentos e anseios. Eu estou separando uns links para compartilhar e vou citar seu blog. Adorei <3
    um abraço!
    Pandora
    Pan's Mind

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, obrigada! Hoje divulguei seu post, inclusive. Volte mais vezes, vou amar. Beijos!

      Excluir

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!