Em caso de amor

Não se esqueça de suspirar. Não esqueça que amar significa se entregar e isso significa abrir mão de detalhes que você nunca abriria. Também não esqueça de se amar. De entender que só ama aquele que reconhece o amor que deve existir no outro, independente de qualquer coisa. Em caso de amor, meu bem, lembre-se: nem todos os amores são pra sempre e isso significa não medir esforços pra fazer durar. Quando o dia amanhecer e você sentir falta de alguém, pense que este alguém sente falta de você. Pense sempre que é recíproco, ou então o amor vai te fazer sofrer. Não se esqueça de que o sofrimento tem final, mas, enquanto dura, fere como se fosse eterno. Não se deixar ferir é o mais importante. Em caso de amor, não esqueça que qualquer gesto vale mais do que todas as palavras que você puder dizer. E fique atento: ninguém é sensível a ponto de não deixar passar um excesso ou insensível a ponto de se sentir abandonado. Quando esse alguém bater na sua porta, faça questão de receber. Ligue, apareça, mas faça a presença valer alguma coisa. Uma pessoa ausente infelizmente pode ser mais presente do que você e é esse o perigo que nunca se deve revelar. Nunca deixe que a sombra do passado volte e que a possibilidade chegue. Em caso de amor, seja você a única possibilidade. Não ame porque acha que sabe o que é amar. Não é a paixão que vai fazer o futuro acontecer. É acompanhar o outro, a rotina, o entrosamento, a falta de assunto em uma tarde qualquer. É a convivência, o teste. É isso que vale, nunca deixar passar a chance de testar. Não se esqueça de abraçar, de ser você mesmo e de se abrir quando preciso. Não seja de menos. Seja você mesmo e reconquiste o outro sempre que puder. Primeiro, porque o amor se aprende devagar e é no meio do caminho que tudo pode se perder. E, segundo, porque é o amor que vai guiar tudo que você achava que sentia até que vocês se encontrem. Em caso de amor, aproveite. Isso não é para qualquer um.

Imagem

Gostou? 
Para receber os próximos posts, clique aqui

26 comentários:

  1. Olá!

    Que texto maravilhoso! Você tem muito talento, deveria escrever um livro, suas palavras são tocantes demais, chegam no coração.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Kamila! Quem sabe um dia, né? Por hora fico só nos contos. Beijocas.

      Excluir
  2. Olha primeiramente tenho que confessar que adorei o seu texto.
    Me identifiquei muito por conta do momento que estou passando, pois eu namorei quase 8 anos
    e sinceramente não sei o que houve sabe? Mas eu acho que tem coisa que não é pra ser mesmo. Eu tentei aproveitar cada momento da melhor maneira possivel ao lado dele, mas mesmo assim eu fico triste, porque foi muito tempo de convivência e mesmo que eu ainda tente de alguma maneira me aproximar, eu acho que não rola mais aquela coisa sabe? Eu acho que o melhor é seguir em frente e pensar mais em mim agora. Enfim...Essas coisas sobre o amor é DOLOROSO. Mas olha eu gostei muito do seu texto. Espero que você escreva mais algo assim, porque eu adoro. PARABÉNS!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-boston-boys.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! E nesse ponto eu penso como você, Silvana: quando não tem que ser, não é. Ponto. Mas a vida está aí, certo? Logo tudo fica bem. Deixa comigo, escreverei sim.

      Excluir
  3. Olá, que texto mais incrível! adoro ler textos sobre o amor, sempre acabo pensando muito no fim dele, e com o seu não foi diferente. Incrível!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Carolina!
    Que texto lindo! Muitas vezes esquecemos que os relacionamentos precisam de "manutenção". Deixamos que o tempo vá levando e começamos a achar que é o outro que tem que fazer algo, e não nós. Esquecemos que é uma via de mão dupla. Cada um precisa fazer sua parte para que dê certo.
    Beijos

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada! É verdade, é uma via de mão dupla. Beijos!

      Excluir
  5. Oi, Carolina!
    Ótimo texto! Mesmo não gostando muito de textos sobre amor e etc, gostei muito do seu!


    Abraços,
    Lucas Fagundes
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Carolina, que texto lindo, amor é assunto tão complexo, cheio de nuances e tratar dele em um texto é sempre maravilhoso, vc tem um talento incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ju! Não sei dizer se sei tratar dele, mas gosto de tentar.

      Excluir
  7. Olá, Carolina. Realmente amar é a melhor coisa que existe, o sentimento mais belo!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    Eu me emocionei com o texto. Foi tão ... Lindo! Concordo, o amor não é para todo mundo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal saber que te emocionou, obrigada! Volte sempre que quiser.

      Excluir
  9. Oiii Carol
    Que texto mais lindo!! Parabens, você tem o dom da escrita viu?
    Amar é tão bom.. tão gostoso... mas de fato não é pra todos...
    Adorei o texto e a forma como se expressou.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mayara! Escrever é gostoso, eu viajo. Beijos e volte sempre.

      Excluir
  10. Oii!

    Primeiramente adorei seu blog! Ele é clean e muito fofo, gosto disso!
    Sobre o seu texto, é lindo! Você escreve muito bem e de uma maneira leve.
    O amor é tão lindo, tão gostoso que não tem como não se deixar levar.
    Parabéns pelo texto !


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Ana Paula! Eu queria esse ar clean, bom saber que deu certo. E obrigada pelos parabéns! Beijo grande.

      Excluir
  11. Oi Flor. Parabéns pela iniciativa de escrever e de expor sua ideias. Nem todo mundo tem coragem de fazer isso. Achei o tema escolhido um tanto clichê, mas não deixe de escrever e desenvolver suas ideias.

    LETRAS COM CAFEÍNA

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    Nossa, parabéns pelo texto. A mensagem que destaquei é a parte que fala sobre amar a si mesmo. É extremamente importante nos amarmos antes de começar a amar outra pessoa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada! Com certeza. Amar tem que partir da gente. Obrigada pela visita, Aline!

      Excluir
  13. Oi, tudo bom?
    Eu adorei seu texto, eu também me aventuro a escrever algumas coisas, mas fico com vergonha de publicar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, não tenha! Publique sem pensar na vergonha. Beijos, Vinicius, obrigada pela visita!

      Excluir

Agradeço sua visita e espero que tenha gostado. Volte mais vezes!